Desrecomendando a Freshtunes

Há alguns anos, pesquisei bastante sobre os distribuidores de música digital existentes e fiz algumas recomendações de alguns que distribuem de forma gratuita música para as plataformas de streaming. A pesquisa que fiz foi baseada apenas em parâmetros objetivos e seu resultado foi publicado num post neste blog, onde indiquei distribuidores que nunca havia utilizado antes. No entanto, logo após estas conclusões, utilizei pela primeira vez os serviços que indiquei. Neste post quero falar de uma dessas indicações que me trouxe péssimas experiências e me senti na obrigação de me retratar: a Freshtunes.

A Freshtunes, no papel, parecia uma opção muito interessante para artistas iniciantes que não querem investir uma quantia em dinheiro distruindo suas músicas nas plataformas digitais sem saber o retorno que aquilo traria. Isso porque esta distribuidora, além de não cobrar nenhum valor, também não cobram nenhum percentual de comissão, recebendo o artista com 100% dos rendimentos do Spotify e afins. Então como eles se mantém? Simples, eles só deixam você sacar apenas valores múltiplos de 25 dólares e, enquanto seu dinheiro está lá, eles o aplicam e ficam com os rendimentos, mais ou menos a mesma lógica dos bancos. OK, então me parecia uma proposta factível e utilizei os serviços deles para distribuir o álbum da banda de alguns amigos.

Passado algum tempo, o álbum dos meus amigos conseguiu acumular os primeiros 25 dólares e pedi a transferência do dinheiro para repassar para eles. Das opções para recebimento do dinheiro, optei pela Payoneer, que me pareceu a mais madura (a Freshtunes não trabalha com a PayPal). Quando o dinheiro chegou na Payoneer, apareceu o primeiro problema: eles não me deixaram transferir para a minha conta um valor inferior a 50 dólares! Teria que esperar acumular mais 25 dólares para poder sacar. Na verdade, teria que esperar até mais, porque a Payoneer ficou com percentual do valor transferido.

Depois, fiquei um período grande sem entrar na conta da Freshtunes e também na conta de e-mail associada a esta, mas, quando entrei, vi que havia um e-mail dizendo que a conta havia sido suspensa por falta de uso. Fiquei bastante preocupado, mas que o álbum ainda estava disponível nas plataformas digitais. Então segui o procedimento de reabrí-la e, após a regularização da conta, levei um susto: o saldo da conta era zero dólares! Será que meus amigos não tinham recebido nada depois de tanto tempo?! Na verdade receberam pouco mais de 10 dólares, mas, para reativar a conta, a Freshtunes fica com até 100 dólares do que houver de saldo!

Já desnorteado por ter perdido o dinheiro dos meus amigos, entrei na conta da Payoneer para ver se estava tudo certo lá e levei outro susto: o saldo da conta lá também era zero dólares! Pelo que vi, em algum momento desde minha última visita, eles mudaram sua política e, caso o dinheiro ficasse na conta durante algum tempo, eles iriam cobrar uma taxa para cobrir os custos. E, asssim, os quase 25 dólares dos meus amigos também desapareceram.

Concluindo, cometi um erro em recomendar estes serviços, pois não dá para comparar distribuidores apenas com tabelas comparativas. Após todo este desgaste, transferi o álbum dos meus amigos para a OneRPM. Apesar de achar que eles têm algumas cobranças um pouco abusivas é a única distribuidora gratuita que tenho confiança neste momento.